sexta-feira, 2 de setembro de 2016

18 dicas de filmes para estudar Geografia

Muito além dos livros, cadernos e das aulas explicativas, existem hoje vários recursos que podem ser utilizados nas salas para tornar as aulas mais interessantes e ainda contribuir para o processo de ensino e aprendizagem dos estudantes. Um dos recursos que mais agradam alunos e professores é a utilização de filmes e documentários para estudar determinados temas que são recorrentes em provas e vestibulares. Os filmes são fonte de informação e cultura e, muitas vezes, a forma e a linguagem como as temáticas são abordadas permitem ao estudante uma melhor compreensão do assunto.

O educador pode planejar sua aula de forma a explorar o conteúdo do filme, realizando analogias com o tema trabalhado em sala de aula. As produções audiovisuais podem ainda ser uma opção de atividade extraclasse, uma oportunidade de juntar uma turma e estudar enquanto se divertem e ficar bem preparado para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), por exemplo.

Listamos aqui 18 dicas de filmes para estudar Geografia. Diversos conteúdos dessa disciplina podem ser debatidos através de filmes, proporcionando condições para uma reflexão crítica dos acontecimentos, inclusive de atualidades. Alguns estão disponíveis em serviços de streaming ou também para locação on line. Preparem a pipoca e que comecem os estudos.

1 – Lincoln: dirigido por Steven Spielberg, o filme mostra a luta de Abraham Lincoln, presidente dos Estados Unidos de 1861 até seu assassinato em abril de 1865, para aprovar a 13ª Emenda, que abolia a escravidão no país, em 1865. A Guerra Civil norte-americana – também conhecida como Guerra de Secessão – é retratada neste longa, colocando em pauta as divergências de interesses entre os estados sulistas e nortistas, escravistas e não escravistas.

2 – Persepolis: o filme fala sobre o início da nova República Islâmica e como ela passou a controlar como as pessoas deveriam se vestir e agir.

3 – Munique: este filme de Spielberg fala sobre um ataque terrorista que aconteceu nas Olimpíadas de Munique de 1972, quando um grupo palestino denominado Setembro Negro invadiu a Vila Olímpica e matou integrantes da equipe olímpica israelense.
Cena do filme Tempos Modernos.
4 – Tempos Modernos: clássico de Charles Chaplin que aborda a Revolução Industrial.

5 – Capitalismo - Uma história de amor: este documentário de Michael Moore fala sobre o capitalismo, a liberdade e os Estados Unidos.

6 – A Queda – As últimas horas de Hitler: é um filme alemão de 2004, que mostra os últimos dez dias da vida de Adolf Hitler, no Führerbunker, em 1945.

7 – Chasing Ice: o documentário dirigido por Jeff Orlowski mostra a expedição do fotógrafo James Balog ao Ártico, em que retrata os efeitos da mudança climática no planeta.

8- Uma Verdade Inconveniente: neste documentário, o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore apresenta uma análise da questão do aquecimento global, mostrando os mitos e equívocos existentes em torno do tema e também possíveis saídas para que o planeta não passe por uma catástrofe climática nas próximas décadas

9 – 13 dias que abalaram o Mundo: a Guerra Fria é um tema recorrente nas provas do Enem. Neste filme o tema é abordado de maneira ampla a partir do episódio conhecido como “Crise dos Mísseis”, quando o governo soviético instalou mísseis em Cuba capazes de carregar ogivas nucleares. Como os EUA já haviam instalado ogivas nucleares na Turquia, apontadas para a URSS, o mundo ficou à beira de uma guerra de características nucleares.

10 – Adeus Lenin: novamente tratando do tema Guerra Fira, este filme aborda de forma cômica o processo de abertura econômica do bloco socialista, especialmente, na Alemanha Oriental. Após ver a mãe, uma socialista fervorosa, enfartar e entrar em coma depois de ser preso em uma manifestação contra o regime socialista na Alemanha Oriental, o protagonista faz de tudo pra que a mãe não sofra novas emoções. O problema é que, durante o período de coma da mãe, o Muro de Berlim caiu e a abertura econômica no país aconteceu de maneira bastante veloz. Tudo é retratado de maneira engraçada e divertida.

11 – Notícias de uma guerra particular: documentário brasileiro de 1999, produzido pelo cineasta João Moreira Salles e a produtora Kátia Lund, retrata o cotidiano dos traficantes e moradores da favela Santa Marta, no Rio de Janeiro. O documentário traça um paralelo entre as falas de moradores, dos traficantes e da polícia, colocando todos no mesmo patamar de envolvimento em uma guerra que não é uma “guerra civil”, mas uma “guerra particular”.

12 – Encontro com Milton Santos – O mundo global visto do lado de cá: o documentário é um alerta para a sociedade que sofre com os efeitos do consumo sem medida. Fala sobre a utopia de uma sociedade voltada ao capitalismo globalizado.

13 – Cortina de Fumaça: um documentário sobre a política de drogas no Brasil e no mundo, baseada na proibição de determinadas práticas relacionadas a algumas substâncias.

14 – Obsolescência programada: o documentário define a obsolência programada como “o motor secreto da nossa sociedade de consumo”. A expressão define a prática corrente da indústria de determinar a duração curta para alguns produtos com o objetivo de estimular o consumo das versões mais atuais.

15 – O Pianista: o filme conta a história do pianista judeu polonês Wladyslaw Szpilman, durante a 2ª Guerra Mundial. Com a invasão alemã e o início da guerra, começaram também restrições aos judeus poloneses pelos nazistas. O filme mostra o surgimento do Gueto de Varsóvia, quando os alemães construíram muros para encerrar os judeus em algumas áreas, e acompanha a perseguição que levou à captura e envio da família de Szpilman para os campos de concentração.

16 – Diamante de Sangue: ambientado durante a Guerra Civil de Serra Leoa em 1996-2001, o filme retrata um país dilacerado pela luta entre partidários do governo e forças insurgentes. O título refere-se a diamantes que são extraídos em zonas de guerra africanos e vendidos para financiar conflitos e, assim, gera o lucro dos senhores da guerra e empresas de diamantes em todo o mundo.

17- Hotel Ruanda: em 1994, um conflito político em Ruanda (África), envolvendo as duas principais etnias do país, levou à morte quase um milhão de pessoas em apenas cem dias. Sem apoio dos demais países, os ruandenses tiveram que buscar saídas em seu próprio cotidiano para sobreviver. Uma delas foi oferecida por Paul Rusesabagina, que era gerente do hotel Milles Collines, onde abrigou mais de 1200 pessoas durante o conflito.

18 – Soldados – A História de Kosovo: este drama de guerra mostra como o conflito destrói a vida de milhares de pessoas, e não só dos soldados mandados para os campos de batalha, falando da guerra do Kosovo a partir das histórias de alguns dos 1.750 soldados italianos que partiram rumo à Bósnia, como parte da missão de paz da ONU. A Guerra da Bósnia foi um dos mais sangrentos conflitos bélicos da história da humanidade.

Fonte: Blog Educação.

Nenhum comentário: